Brasil inaugura projeto inédito de energia solar em lagos de hidrelétricas

Protótipo vai analisar benefícios de geração por meio de placas solares instaladas sobre flutuadores em reservatórios de hidrelétricas.

Foto: Diego Janatã

Um protótipo para geração híbrida de energia elétrica foi lançado no dia 04/03/2016, na Usina Hidrelétrica de Balbina, localizada no município de Presidente Figueiredo, no Amazonas. Este é o primeiro projeto de exploração de energia solar em lagos de usinas hidrelétricas com uso de flutuadores no mundo.


Projetos similares já foram iniciados em outros países, mas em reservatórios comuns de água, sendo que no caso do Brasil, a engenharia será utilizada nos lagos das hidrelétricas, permitindo aproveitar as sub-estações e as linhas de transmissão das usinas, além da lâmina d’água dos reservatórios, evitando desapropriação de terras.


O cronograma de implantação e pesquisa prevê a entrega das Plantas Piloto em Balbina e Sobradinho para ago/2016, com geração de 1 MWp em cada unidade. Em out/2017, serão entregues as Plantas Piloto nas duas usinas, com geração de outros 4 MWp em cada unidade. O encerramento do projeto e apresentação dos resultados está prevista para janeiro de 2019.


O projeto de pesquisa analisará o grau de eficiência da interação de uma usina solar em conjunto com a operação de usinas hidrelétricas. A pesquisa focará fatores como a radiação solar incidente no local; produção e transporte de energia; instalação e fixação no fundo dos reservatórios; a complementariedade da energia gerada; e o escoamento desta energia. Os resultados dos projetos permitirão avaliar a eficácia da produção média de energia solar nesses locais.


As entidades que participarão do projeto são Sunlution, WEG, Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da UFPE (FADE), Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Fundação de Apoio Rio Solimões (UNISOL) e Universidade Federal do Amazonas (UFAM).


Após a conclusão das pesquisas, o sistema em Balbina poderá ser ampliado de 5MWp para até 300 MW, superando a própria capacidade hidrelétrica da usina e beneficiando cerca de 540 mil residências.



#EnergiaSolar #Sustentabilidade #MeioAmbiente #EnergiaLimpa

Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes